Sim não e cenas

12 12 2011

Aqui havia um texto gigante sobre idiotices de que nos convencemos e a outros. Em vez daquela pilha mal mastigada de palavras mais ou menos eloquentes, fica o seguinte: é um real bostedo a forma como vamos flutuando por coisas que damos como certas pelas razões mais idiotas, convencendo-nos – e a outrém – de que tudo é assim e assado, quando temos a sensação de que não é bem assim. No entanto, o verdadeiro vómito fecalóide, o facto digno da purga que falhamos vez e outra, é não termos sequer certeza de como traduzir esse sentimento de deslocação de factos por algo real, palpável, com o qual se consiga lidar de shotgun carregada, bisturi ou simplesmente dentes ou chapadas carinhosas.

Caso não me tenha esclarecido, aqui vai o resumo com um toque portuense saudoso: às vezes fico confuso como a merda.

Anúncios

Acções

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: